Home Empréstimo Investir ou Empreender – O Que é Melhor?

Investir ou Empreender – O Que é Melhor?

0
Investir ou Empreender – O Que é Melhor?

Depois de anos de trabalho e de tomar boas decisões econômicas, você conseguiu acumular uma certa quantia de dinheiro que não é pouca. Você sabe que a inflação está reduzindo gradualmente o valor do seu dinheiro e, por isso, quer reverter a situação e ter um retorno. A questão importante é “como?” Há muitas opções quando se trata de proporcionar valor e movimento ao nosso capital; no entanto, hoje simplificaremos essas opções em investir ou empreender.

Antes de começar com as vantagens e desvantagens de investir ou empreender, devemos enfatizar que não existe uma opção melhor ou pior; a escolha sempre será uma questão subjetiva que depende de uma infinidade de critérios contextuais e pessoais.

Veja Também: Como criar uma carteira de dividendos investindo em ações

As vantagens do empreendedorismo

Para muitas pessoas, o empreendedorismo é um sonho, um objetivo vital, ou seja, é muito mais do que apenas uma forma de colocar seu dinheiro em movimento para crescer.

  • O empreendedorismo produz a satisfação pessoal de desenvolver seu próprio projeto, que de alguma forma tem um impacto na sociedade.
  • Pode ser uma profissão enriquecedora.
  • Pode transformar a realidade, oferecendo novas soluções.
  • Cria equipes com as quais é possível estabelecer grandes conexões.
  • Pode trazer reconhecimento para o empreendedor.
  • Pode criar uma empresa ou empresas tão bem-sucedidas que acumulam grande fortuna e constroem um legado.
  • O empreendedor pode fazer conexões com personalidades importantes e criar novas relações comerciais que expandem as possibilidades de seus projetos.

As desvantagens do empreendedorismo

Embora seja visto como muito satisfatório, o empreendedorismo nem sempre é um mar de rosas.

  • É muito difícil obter sucesso real criando ou comprando sua própria empresa, pois há milhares de fatores internos e externos que podem afetar seu desenvolvimento.
  • Envolve uma mudança de vida e uma tomada de decisão definitiva, como deixar um emprego bom e seguro por um projeto que você não sabe se dará certo.
  • É muito difícil obter uma alta lucratividade nos primeiros anos.
  • O investimento não é apenas financeiro, mas também envolve o aluguel de instalações, a contratação de funcionários, o cumprimento de regulamentações locais ou estaduais, entre outros requisitos.
  • Isso exige um alto grau de responsabilidade e envolvimento.

As vantagens de investir 

Confiar nosso dinheiro a fundos de investimento é uma das melhores decisões para fazer nosso dinheiro crescer.

  • Embora possa haver vários graus de envolvimento do investidor, em geral os administradores de fundos gerenciam as carteiras, permitindo que o investidor ganhe dinheiro de forma passiva.
  • Isso também significa que os investidores podem continuar com seus empregos, normalmente, sem abrir mão dos retornos.
  • Investir em fundos significa, em vez de apostar em uma empresa de um determinado setor, ter a possibilidade de ter uma carteira que investe em empresas lucrativas de diversos setores.
  • Investir em fundos de investimento pode aumentar significativamente nosso capital, o que também é muito benéfico se quisermos iniciar um negócio após um determinado período de tempo.

As desvantagens de investir

Apesar de suas grandes vantagens, esse tipo de investimento não é necessariamente para todos.

  • Algumas pessoas não confiam nos retornos que não produzem ou não veem diretamente.
  • Há pessoas que preferem fracassar com seu próprio projeto empresarial a investir em empresas ou ativos de outras pessoas.
  • Como você pode ver, há uma opção de investimento para todos, basta encontrar a que melhor se adapta à sua personalidade, possibilidades e expectativas. Lembre-se de que o investimento pode ser combinado com seu trabalho regular, com o desenvolvimento de um negócio ou pode ser o passo anterior a ele. Não são opções conflitantes!

Investir e empreender, a combinação perfeita para impulsionar sua ideia

No campo do empreendedorismo, o termo “investimento” existe há muito tempo. Seja por meio dos chamados investidores-anjo, que contribuem e buscam fazer com que as empresas cresçam no estágio inicial de seu desenvolvimento. 

Até mesmo de grandes empreendedores que, após seu sucesso, buscam investir neles, com um modelo de acompanhamento, por exemplo, para ajudar a atravessar o famoso “vale da morte”. 

Investimentos essenciais que uma empresa deve ter ao iniciar um negócio

Empreender, investir em um negócio, é fazer uma plantação que dará muitos frutos.

Mas, é claro, quando queremos que essa semeadura gere bons resultados, precisamos fazer algumas ações e esforços iniciais: adubar bem, arar o campo corretamente, regá-lo constantemente, investir em fertilizantes etc.

O mesmo acontece quando começamos um negócio. Para obter os resultados que esperamos, precisamos investir.

Investir ou empreender

Investimento em tempo

Parece desnecessário mencionar isso, mas, ao iniciar um negócio, você se esquece de que, para gerar lucros, conversões, posicionamento de marca e vendas estáveis. É preciso investir muito tempo na criação de estratégias e táticas que permitirão que você ganhe reconhecimento no mercado.

Isso não acontece da noite para o dia e no início você terá que dedicar muito mais horas por dia do que em um dia normal de trabalho.

Investimentos em empreendedorismo: marketing

Sim, no começo haverá muitas maneiras de fazer isso de graça. Comece com a geração de conteúdo, que muitas plataformas permitem que você faça; dê visibilidade digital à marca ou ao empreendimento, crie estratégias de fidelidade, ferramentas para capturar leads etc.

Investimento financeiro

O empreendedorismo envolve um gasto financeiro significativo. E para que todos os seus investimentos tenham um retorno lucrativo para sua empresa, você precisa fazer isso com conhecimento.

Se você não sabe como investir, controlar ou gerenciar as despesas do empreendimento, é melhor procurar uma consultoria. Eduque-se para não ter nenhum tipo de perda financeira ou patrimonial.

Esse será um grande passo, você também terá de trabalhar muito para conseguir isso, mas a recompensa vai ser enorme. 

Como calcular seus investimentos?

Ao iniciar um negócio, é possível que não tenhamos uma grande porcentagem econômica para investir, por isso devemos analisar muito bem como distribuir o dinheiro e realizar investimentos inteligentes.

Aqui estão algumas dicas que você pode considerar ao investir:

Prepare um orçamento: analise suas despesas fixas e variáveis mensais e sua renda. Dessa forma, você poderá calcular quanto dinheiro poderá alocar para investimento.

Analisar e avaliar seu primeiro investimento: há muitas áreas em que podemos investir em um negócio. Você deve avaliar e estudar detalhadamente em que pode investir primeiro para obter os resultados que está buscando de acordo com seus objetivos.

Desenvolva um plano de ação: a organização será sua melhor aliada. Ao investir, é preciso planejar, buscar orientação e ter as etapas a serem seguidas em cada fase para que o investimento tenha efeito correto.

Veja Também: Como abrir um restaurante do zero – TopEmpreendedorismo