Home Pessoal Trabalho Remoto no Exterior: Como Conseguir Uma Vaga de Emprego

Trabalho Remoto no Exterior: Como Conseguir Uma Vaga de Emprego

0
Trabalho Remoto no Exterior: Como Conseguir Uma Vaga de Emprego

Primeiramente, o trabalho remoto no exterior pode ser uma das últimas etapas dos processos de transformação digital de muitas empresas. A pandemia acelerou todos os processos e a grande maioria das organizações se adaptaram aos modelos de trabalho remoto e continuam operando. 

O trabalho remoto no exterior é perfeito para aqueles que preferem trabalhar à distância. Você não precisa se prender a horários de trabalho, perder manhãs escolhendo as roupas certas e gastar mais dinheiro do que o necessário com café da manhã, almoço e transporte.

Entre os países que mais contratam trabalhadores remotamente, destacam-se os Estados Unidos e a Inglaterra. No entanto, essa modalidade está se espalhando para outros países do mundo, entenda tudo sobre essa modalidade de trabalho.

Confira Também: Como Abrir o MEI: Saia de Microempreendedor para Empresário 

O Brasil é o país ideal para trabalho remoto no exterior?

A cada dia, mais e mais empresas estão buscando contratar profissionais fora de suas fronteiras. Uma empresa dos EUA contrata um funcionário no Brasil. Uma marca do Reino Unido procura funcionários remotos no Chile. Uma startup espanhola que incorpora talentos argentinos à sua equipe. E os exemplos poderiam continuar. 

É disso que se trata o trabalho remoto no exterior. As fronteiras estão diminuindo digitalmente. Quão conectada sua empresa pode estar? Se a resposta for muito, você já pode ter uma equipe trabalhando remotamente. 

Agora, se nos concentrarmos na definição clássica de trabalho remoto, devemos dizer que se trata de qualquer ocupação de trabalho que ocorra fora do espaço físico da empresa. 

Um funcionário em tempo integral que trabalha remotamente trabalha, ou seja, não precisa se deslocar para um local de trabalho. O local onde ele trabalha é totalmente alternativo. 

No caso de trabalho remoto para uma empresa no exterior, o funcionário está localizado em um país diferente do da empresa. Portanto, há outros desafios além do gerenciamento de funcionários remotos, entre os quais podemos destacar o conhecimento da legislação trabalhista e das obrigações fiscais exigidas pelo país do funcionário.

Quais profissionais podem trabalhar remotamente

Agora, você deve estar se perguntando se a sua profissão permite que você trabalhe remotamente de casa ou de qualquer lugar do mundo. A lista é muito longa.

É verdade que a maioria dos empregos, ou pelo menos as ofertas de emprego remoto mais procuradas pelas empresas, está relacionada a empregos digitais. De fato, as ferramentas fundamentais de uma pessoa que trabalha remotamente em casa ou em qualquer lugar do mundo são um computador e uma boa conexão com a Internet.

Profissionais de marketing, desenvolvedores, escritores, redatores, engenheiros, designers, serviços de suporte, assistentes virtuais, tradutores, analistas, finanças, recursos humanos… são algumas das áreas profissionais que podem trabalhar remotamente.

Pontos importantes antes de aceitar vaga de trabalho remoto no exterior

Antes de tudo, você precisa considerar várias formalidades essenciais. Que legislação será aplicada no país estrangeiro? A que regime de previdência social você estará afiliado? Seu empregador cobrirá suas despesas profissionais? 

Contrato de trabalho

É altamente recomendável que você estabeleça um contrato de trabalho para definir suas condições de trabalho remoto. Qual legislação será aplicada? 

Para os brasileiros que trabalham remotamente em outro país, o artigo Nº 14.442/22 e a base dos direitos, o empregos tem que pagar muitos impostos para o trabalho pessoa física, sendo mais viável trabalhar como PJ, prestando serviço. 

Além disso, o contrato de trabalho também deve especificar as regras relativas ao tempo de trabalho e às obrigações do funcionário (participação em reuniões, frequência, etc.).

Cobertura de despesas profissionais

Como trabalho remoto no exterior, você pode usar seu equipamento profissional (computador, impressora, telefone, conexão com a Internet, mesa, etc.) para trabalhar. Talvez você também precise comprar equipamentos adicionais para trabalhar em condições ideais. 

A empresa pode arcar com o custo da compra desses equipamentos, a menos que você seja responsável por comprar seus próprios. Em países como a França, por exemplo, os empregadores têm a obrigação legal (Acordo Nacional Interprofissional de 26 de novembro de 2020) de reembolsar todas as despesas profissionais incorridas durante o trabalho remoto no exterior. O empregador não pode deduzir essas despesas de seu salário.

Cobertura de saúde

Seu seguro de saúde depende se você vai passar tempo no país do contratante. A legislação determina o limite acima do qual você se torna segurado. 

Contudo, esteja ciente de que, se o sistema de seguridade social do país do empregador oferecer apenas uma cobertura mínima de saúde, os custos podem aumentar rapidamente para a sua empresa. Na verdade, seu empregador ainda é obrigado a pagar as contribuições de seguridade social relacionadas ao seu emprego, de acordo com a legislação do país dele.

Trabalho Remoto no Exterior

Vantagens e desvantagens do trabalho remoto no exterior

Quando se trata de trabalhar remotamente, há uma série de vantagens e desvantagens que você deve conhecer.

Vantagens 

As principais vantagens do trabalho remoto no exterior, sendo assim, são eles:

  • Você pode trabalhar em casa ou onde quiser. Não precisa sair de casa, gastar dinheiro e tempo com deslocamento, etc.
  • Você pode conciliar a vida profissional e familiar. É uma maneira ideal de passar mais tempo com sua família e ver seus filhos crescerem. Ao trabalhar em casa, você pode trabalhar em horários específicos, não precisa ficar sentado na frente de um computador por 8 horas seguidas.
  • Você tem mais tempo para si mesmo. Ao trabalhar em casa, você economizará muito tempo, um tempo ideal para se dedicar a si mesmo, praticar esportes, ir à academia, jogar videogame, fazer seu hobby favorito ou, basicamente, dedicar seu tempo ao que quiser.
  • Aumenta a produtividade. Estudos mostram que as pessoas que trabalham remotamente são mais produtivas. O bom disso é que você pode fazer o mesmo trabalho que faz em um escritório em menos tempo. Você pode escolher seu próprio horário de trabalho, desde que os projetos sejam entregues no prazo.

Desvantagens 

Trabalhar em casa também tem desvantagens. Por exemplo:

  • Isolamento. Esse é um dos sintomas mais graves do trabalho remoto. É recomendado praticar esportes, sair para casa de amigos e não se manter isolado.
  • Distrações. Uma casa é um espaço cheio de distrações: filhos, parceiro, animais de estimação, Netflix, a geladeira, o vizinho… O espaço de trabalho doméstico de cada pessoa é diferente, assim como sua capacidade de evitar distrações. Se você é uma pessoa propensa a distrações… talvez não seja uma boa opção para o trabalho remoto.
  • Falta de organização. A falta de organização pode se tornar um problema quando você trabalha em casa. 

Quais são os melhores países para trabalhar remotamente?

Portanto, Estados Unidos, Inglaterra, Portugal, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, África do Sul, Islândia, Israel, Costa Rica, Japão, Panamá, México, Emirados Árabes etc. são alguns dos melhores lugares para encontrar trabalho remoto no exterior

Confira Também: Direitos Trabalhistas CLT em 2023: Quais São e Como Funcionam?