Home Empreendedorismo Como montar uma loja virtual em 5 passos simples

Como montar uma loja virtual em 5 passos simples

0
Como montar uma loja virtual em 5 passos simples

Saber como montar uma loja virtual é uma ótima maneira de começar um negócio e ganhar dinheiro extra no final do mês, especialmente nestes tempos incertos em que vivemos no país. 

Para ajudá-lo neste processo, preparamos um guia passo a passo completo que ensina como montar uma loja virtual do zero em 5 etapas. Leia e saiba como montar uma loja virtual.

O que é uma loja virtual?

Uma loja virtual, ou comércio eletrônico, é um site que utiliza um programa de gerenciamento de pedidos. 

Desta forma, é possível praticamente vender produtos ou serviços, e todo o processo funciona on-line. 

Montar uma loja virtual - (Foto Pexels)
Montar uma loja virtual – (Foto Pexels)

Em resumo, os consumidores vão ao site, selecionam seu produto e pagam. 

Logo após este processo, a loja receberá uma notificação e iniciará o processo de entrega.

Eu preciso ter um CNPJ para montar uma loja virtual?

Você não precisa de um CNPJ para ter sua própria loja on-line. Independentemente disso, a formalização dá credibilidade ao seu negócio e facilita a sua gestão a longo prazo. 

Muitos empresários se perguntam se realmente precisam de um CNPJ para vender on-line. E quando se trata de compromisso, a resposta é simples: para vender a varejo B2C, ou business-to-consumer, você não precisa ser uma empresa oficial.

Como montar uma loja virtual

Montar uma loja virtual requer certos produtos e serviços nos quais você precisa investir.

Aqui está uma visão geral básica:

  • Um nome de domínio;
  • Um web host que crescerá com sua loja;
  • Uma plataforma para a criação de uma loja on-line, como WordPress e WooCommerce;
  • Capital para criar o produto MVP (mais sobre isso depois) e a linha de produtos inicial;
  • Embalagem para o envio de seus produtos;
  • Um orçamento para publicidade paga.

Como você pode ver, a criação de uma loja on-line requer um pequeno investimento inicial. Mas comparado com o negócio real, este investimento está bem abaixo da média. 

Determine o investimento que você quer fazer 

O primeiro passo para criar uma loja on-line não pode ser outro senão determinar o investimento necessário para a operação de seu negócio. A este respeito, você deve considerar uma série de fatores, tais como: 

  • que tipos de produtos estão disponíveis; 
  • estrutura de vendas (falaremos sobre isto durante o artigo); 
  • equipamentos de entrega e logística 
  • estratégias de marketing, etc.

Para não se perder na economia e garantir pelo menos o primeiro ano de operação, aqui vai uma dica: divida o valor considerado inicial em 12 partes. O primeiro é provavelmente maior, mas o que sobrar, tente espalhá-lo uniformemente nos próximos 11 meses. 

Seleção da plataforma

A seleção da plataforma ideal começa com a definição das intenções da empresa e do grupo-alvo desejado. 

As soluções de comércio eletrônico podem ser escolhidas, por exemplo, através de código livre e aberto ou através do próprio código da empresa. Isto pode afetar o orçamento da empresa, assim como a quantidade de atualizações e administração durante o funcionamento da loja virtual.

Além disso, há opções para hospedar sua infra-estrutura de comércio eletrônico em sua própria sede (“home”) ou centro de dados. Em um mundo onde cada vez mais consumidores fazem compras através de dispositivos móveis, escolha um website amigável ao smartphone-fone ou uma aplicação 100% nativa. 

O empresário também deve decidir se deve integrar com um mercado, uma plataforma que venda produtos e serviços de diferentes marcas em um só lugar, permitindo uma melhor comparação para os usuários finais.  Pagamento na loja virtual 

A solução de pagamento 

Ele cuida de uma grande parte do faturamento de sua loja virtual, da aceitação da transação e da segurança para você e seus clientes. 

Portanto, é muito importante avaliar as opções disponíveis e escolher aquelas que oferecem os melhores recursos e condições de pagamento.

Aqui estão algumas coisas importantes a serem consideradas ao escolher: 

Não adianta escolher uma solução de pagamento se ela não funcionar com sua loja virtual, não é mesmo? Portanto, o primeiro passo é entender que níveis de integração cada ferramenta oferece. 

Avaliar as características disponíveis e compreender como funciona o processo de pagamento. Este último ponto é especialmente importante porque o cliente precisa comprar de forma rápida e segura. 

Algumas soluções de pagamento, por exemplo, direcionam os clientes para suas próprias páginas no checkout. Verifique se isto não interfere na experiência de compra ou se não seria melhor se todo o processo fosse feito em sua loja.

Gestão das transações

Outra coisa que você precisa entender é o rastreamento de depositos e pagamentos. 

É importante não apenas saber se a compra foi paga ou não, mas também obter exemplos de porque o pagamento foi rejeitado. Estas informações são utilizadas não apenas para rastreamento financeiro, mas também para oferecer um melhor atendimento ao cliente.

Taxas

Finalmente, os preços e condições de pagamento de todas as resoluções são listados para que você possa compará-los e escolher a melhor. 

Os instrumentos geralmente cobram preços diferentes dependendo da forma de pagamento escolhida pelo comprador e operam com mais de uma condição para afetar o custo de compras. 

Estas informações também ajudam a fechar os custos finais do mercado para todos os produtos. Portanto, toda a atenção é necessária!

Escolhendo bons fornecedores

Votar para os fornecedores de sua empresa é um passo muito importante na construção de uma loja on-line. A primeira dica a este respeito é: nunca dependa de um único prestador de serviços! 

Ao manter uma base de fornecedores, você fica protegido se algo acontecer que o impeça de receber produtos de uma determinada empresa. Esta variedade também ajuda muito em termos de preços comerciais e condições especiais. 

Outra questão importante a este respeito é a gestão e análise frequente do inventário de quais produtos estão em alta demanda e cujo faturamento é baixo.

Se destaque na hora do frete

De acordo com um estudo da Moosend, a principal razão para o abandono do carrinho é o custo do transporte, que representa 60% de todos os abandonos do comércio eletrônico. Portanto, prestar atenção à gestão de pagamentos é importante para aqueles que querem aprender como criar uma loja online de sucesso

Além dos custos de envio, oferecer opções de entrega que promovam o profissionalismo (entrega expressa) também é um componente que ajuda sua loja on-line a se destacar do resto. No entanto, como você faz isso? É muito simples: basta usar o melhor frete! 

A Melhor Envio é uma plataforma gratuita de cotação e contratação de frete que reúne em um só lugar muitas opções de frete de comércio eletrônico com seis organizações de transporte: Correios, Jadlog, Azul Cargo Express, LATAM Cargo, Via Brasil e Buslog.

Venda em sua loja virtual

Finalmente estamos neste posto e não podíamos falar de sua primeira monetização. 

Como dissemos, este é apenas o início do seu trabalho, pois após confirmar o pagamento, você deve iniciar a logística para garantir uma entrega de qualidade. 

Montar uma loja virtual – (Foto Pexels)

Entretanto, tenha cuidado: mesmo após a confirmação da entrega, sua comunicação com o consumidor não termina. O contato deve ser feito para reter e reter os consumidores. 

Esta comunicação pode ser desenvolvida através de táticas de marketing, e-mails, mensagens de texto e até mesmo monitoramento de blogs, que devem ser preenchidos com conteúdo relacionado ao segmento de mercado.