Home Notícias Dicas para montar a sua carteira previdenciária de ações

Dicas para montar a sua carteira previdenciária de ações

0
Dicas para montar a sua carteira previdenciária de ações

Pensar no seu futuro financeiro é importante para aumentar a estabilidade e evitar problemas orçamentários. Levando em conta a vida na aposentadoria, é importante preparar a carteira previdenciária de ações certa. 

Com isto é possível fazer investimentos que se concentram no momento da vida que começa após o fim de sua vida profissional. Desta forma, você pode aumentar sua estabilidade, criando uma base financeira para seus recursos que lhe dará maior confiança no futuro. 

Para que não haja dúvidas sobre a criação de sua carteira previdenciária de ações, aqui estão alguns passos para implementar esta estratégia!

O que é carteira previdenciária de ações e como ela funciona?

Uma carteira previdenciária de ações é um tipo de carteira de investimentos que se concentra principalmente na aposentadoria. Portanto, corresponde a um conjunto de produtos e ativos financeiros que você pode utilizar para substituir ou complementar sua aposentadoria. 

Carteira previdenciária de ações -(Foto Pexels)
Carteira previdenciária de ações -(Foto Pexels)

O fato desta carteira estar relacionada à aposentadoria significa que ela está focada a médio ou longo prazo, dependendo de quando você começar ela. Desta forma, é possível desenvolver um plano focado neste objetivo, que identifica as características que suportam a obtenção dos resultados desejados.

Outro ponto importante é que uma carteira previdenciária de ações geralmente envolve a busca de oportunidades para gerar renda passiva. É comum visar a monetizar ativos sem a necessidade de resgatar ou fazer novas contribuições após a aposentadoria.

Dicas para ter uma carteira previdenciária de ações

A carteira previdenciária de ações é um plano maravilhoso para qualquer investidor. Uma proporção significativa dos investidores aspira a se aposentar e viver da renda de investimentos. 

Para construir uma boa carteira previdenciária de ações, observe os seguintes temas: Dividendos; Setores; Fundos imobiliários.

Dividendos

Para construir uma boa carteira de aposentadoria, é importante escolher organizações que paguem bons dividendos. 

No Brasil, as organizações ainda são obrigadas por lei a distribuir parte de seus lucros como dividendos. 

Entretanto, a porcentagem de lucros a serem pagos varia de uma organização para outra, como está escrito nas regras da organização. 

Portanto, os dividendos podem ser usados como renda passiva quando o investidor se aposenta. 

Além disso, as organizações que pagam bons dividendos já são bastante grandes e permanecem muito estáveis financeiramente. Isto torna as atividades muito menos voláteis.

Setores

É necessário observar atentamente os setores nos quais as carteiras operam. 

Isto porque alguns setores são mais estáveis ao longo dos anos e menos suscetíveis a mudanças técnicas e ciclos econômicos.

Os setores considerados mais perenes são:

  • Energia;
  • Saneamento;
  • Telefonia móvel;
  • Instituições financeiras.

Fundos imobiliários

O setor imobiliário não é uma atividade, é um ativo que é negociado da mesma forma em b3. 

Ao investir em intermediários financeiros, os investidores compram ações em ativos menos voláteis que pagam renda mensal aos acionistas. 

Estes pagamentos mensais são perfeitos para complementar a renda de aposentadoria dos investidores.

Os tipos de fundos imobiliários recomendados para uma carteira de aposentadoria são:

  • Centros comerciais;
  • Armazéns de logística;
  • Fundos de papel em geral.

Como construir uma carteira previdenciária de ações?

Para um investidor que deseja aprender como construir uma carteira previdenciária de ações, é importante seguir alguns princípios básicos.

Como criar uma carteira previdenciária de ações? A este respeito, construir uma carteira de aposentadoria em 3 etapas: 

  • Fundos de anuidades; 
  • Investimentos de capital; 
  • Baixa volatilidade

Ativos geradores de renda 

O ideal para aqueles que procuram construir uma carteira de aposentadoria é escolher ativos de renda passivos. A renda passiva é qualquer benefício financeiro que muitas vezes ocorre sem que um indivíduo ganhe dinheiro com ela.

Em outras palavras, a carteira deve consistir principalmente em investimentos produtores de dividendos, tais como:

  • Fundo Imobiliário; 
  • Dividendos nas ocupações. 

Este parece ser um critério bastante rebuscado para a maioria da população, mas na realidade não é, porque com paciência e uma contribuição mensal de investimentos fixos, é bem possível para qualquer pessoa atingir este objetivo.

Investimentos de renda variável

Quando olhamos para os fundos de pensão e até mesmo a forma como as pessoas acumulam sua riqueza para a aposentadoria, a maioria das maiores economias do mundo faz investimentos de longo prazo através de ações. 

Os investimentos com juros têm um lugar menor na estrutura das carteiras de pensão. No Brasil, as taxas de juros têm sido altas e o risco baixo há muito tempo. 

As taxas de juros estão agora baixas e os riscos podem aumentar se a administração brasileira não reduzir o déficit orçamentário. 

A renda de juros não é tão inofensiva quanto alguns poderiam pensar. Portanto, ao construir uma carteira previdenciária de ações de longo prazo, os ativos que geram renda passiva devem ser transferidos para ações.

Baixa volatilidade

A maioria dos investidores não sabe como lidar com a volatilidade dos ativos, portanto, aqueles que querem aprender como construir uma carteira de aposentadoria devem prestar atenção a este componente. Em geral, poucos investidores têm sucesso na construção de uma carteira de longo prazo. 

Portanto, a melhor maneira de minimizar a volatilidade é tentar diversificar, de preferência utilizando investimentos de baixa correlação. 

Uma carteira de agências nacionais, agências imobiliárias e agências estrangeiras é um bom começo. A chave é oferecer o primeiro passo. Estes são princípios sólidos para aqueles que querem se aposentar em paz sem se preocupar com o INSS e perder seu padrão de vida.

Por que é essencial ter uma carteira previdenciária de ações?

A maioria dos investidores não sabe como lidar com a volatilidade dos ativos, portanto, aqueles que querem aprender a construir uma carteira previdenciária de ações devem prestar atenção a este componente. Em geral, poucos investidores têm sucesso na construção de uma carteira de longo prazo. 

Portanto, a melhor maneira de minimizar a volatilidade é tentar diversificar, de preferência utilizando investimentos de baixa correlação. 

Além disso, este portfólio pode ajudá-lo a completar ou até mesmo impedir sua aposentadoria. Por exemplo, se você acumular capital em um tempo mais curto para atingir seu objetivo, é possível iniciar a aposentadoria antes das regras da Previdência Social. 

Portanto, a carteira previdenciária de ações pode lhe dar mais proteção e previsibilidade para o futuro e a oportunidade de se aposentar mais cedo. Portanto, esta probabilidade deve ser considerada.

Conclusão

Use estas dicas para construir sua carteira previdenciária de ações de forma mais eficaz. Desta forma, você pode proteger melhor seu dinheiro e permitir que você desfrute de uma aposentadoria sem afetar seu padrão de vida.