Home Empréstimo Como passar pela crise na sua empresa: melhores dicas

Como passar pela crise na sua empresa: melhores dicas

0
Como passar pela crise na sua empresa: melhores dicas

Não se desespere, antes de recorrer a empréstimos que o comprometam e gerem ainda mais preocupações para sua empresa, primeiro tente levar as coisas com calma, pois, embora saibamos que saber como passar pela crise na sua empresa representa um dos cenários mais buscados pelos empresários, também estamos cientes de que existem alternativas que contribuem para superar uma crise econômica vivida por uma empresa.

Portanto, em vista desta situação e para ajudá-lo a superar este problema, neste post, confira dicas que você pode levar em conta para saber como passar pela crise na sua empresa.

O que é uma crise empresarial? 

Uma crise empresarial é um evento, causado por fatores internos ou externos, que ameaça o sucesso e a saúde de uma empresa; afeta sua reputação, prejudica suas operações comerciais, impacta negativamente suas finanças, ou prejudica seus funcionários ou seu ambiente de trabalho.

O primeiro passo para saber como passar pela crise na sua empresa é identificar quais situações podemos enfrentar antes que elas ocorram.

1. Crise financeira 

Isto ocorre quando uma empresa enfrenta problemas relacionados a suas finanças, tais como problemas de liquidez, atrasos de pagamento, perdas, etc.

Pode ser causado por causas externas (aumento de impostos, desvalorização, aumento dos custos de produção, baixa demanda) ou internas (mau planejamento e gestão).

Ocorre quando sua empresa é confrontada com mudanças nas leis ou regulamentos de seu setor. 

Se sua empresa não assumir adequadamente suas obrigações, pode incorrer em sérias infrações legais que podem levar à retirada de alguns produtos, ao fechamento de suas instalações ou ao fechamento definitivo de sua empresa.

3. Crise ética

Isto pode ser percebido quando um funcionário, representante ou fornecedor está envolvido em uma atividade ou conduta considerada antiética ou ilegal, seja dentro ou fora da empresa; seja abuso de poder, apropriação indevida de fundos, nepotismo, assédio, racismo, homofobia, abuso de animais, etc.

Esta pensando em contratar um novo funcionário? Confira como contratar o melhor funcionário: As 4 Melhores Dicas!

4. Crise organizacional 

Ocorre quando a organização está passando por vários conflitos internos que prejudicam seus processos, produtividade ou gestão e estes têm a ver com liderança deficiente, falta de comunicação, falta de treinamento e baixa motivação. 

Uma greve, por exemplo, é uma crise organizacional porque os funcionários deixam de trabalhar se suas exigências não forem atendidas pela empresa.

5. Crise tecnológica 

Isto ocorre quando há problemas com a tecnologia ou ferramentas que a empresa utiliza, por exemplo, falha de servidores, falha de software ou outros dispositivos deixam de funcionar corretamente. 

Tais eventos reduzem a produtividade, causam incerteza para os funcionários e reduzem os lucros.

6. Crise natural 

Este tipo de crise pode incluir eventos imprevistos, tais como inundações, furacões, tornados, queda de neve e até incêndios, que têm o poder de danificar ou arruinar completamente as instalações e os ativos fixos de uma empresa.

7. Crise de relações públicas

Ocorre quando a empresa, um funcionário ou embaixador comete um erro em sua comunicação, mídia social ou discursos que afetam a imagem ou reputação da empresa.

Como passar pela crise na sua empresa

Então, com base nos tipos que você acabou de conhecer, como passar pela crise na sua empresa, vamos ver:

Estar no controle de toda a situação

É essencial não perder a paciência em tempos de crise, ela o ajuda a pensar e organizar melhor suas idéias ou estratégias. As decisões são tomadas em momentos de calma e com a cabeça fria, caso contrário, elas levam a empresa ao fracasso.

Em tempos de crise é essencial manter a calma, por mais difíceis que as coisas possam parecer, pois isso o ajudará a pensar melhor e a organizar suas idéias e estratégias. 

Portanto, em vez de agir apressadamente, reserve algum tempo para avaliar o estado de seu negócio e detectar aqueles fatores que estão interferindo no crescimento de sua empresa. 

Talvez seu atendimento ao cliente não esteja funcionando corretamente e seja a causa da rotatividade dos clientes, ou talvez as opções de pagamento que você oferece sejam muito limitadas; hoje em dia as pessoas estão procurando soluções rápidas, convenientes e seguras, então pense em opções que atendam a essas características, como links de pagamento, por exemplo, que facilitem aos consumidores a realização de transações. Trata-se de dar a volta às coisas e encontrar uma solução para o problema.

Minimizar os custos sempre que possível

Embora em todas as atividades comerciais eles possam ajudar a aumentar a lista de clientes, portanto, as vendas. Muitas vezes é necessário eliminar certas despesas: Por exemplo, você mesmo pode fazer as entregas neste momento de crise. 

Contratação de espaço ou locais para eventos empresariais, eventos corporativos ou reuniões mensais de relatórios. Faça-o em uma de suas áreas e administre-o você mesmo, qualquer coisa que envolva o pagamento de aluguel ou pessoal deve ser descontinuado.

Se seu produto é um produto básico (alimentos, cuidados pessoais, limpeza, etc.) e uma parte de seu consumidor não está lhe alcançando por vários motivos, você precisa encontrar uma maneira de alcançá-los. 

Como passar pela crise na sua empresa
Como passar pela crise na sua empresa

Talvez você possa pensar em desenvolver um catálogo simples que lhe permita receber pedidos on-line ou por telefone; as redes sociais podem ser um grande aliado. Cobrem o mínimo possível para despachar e contratar pessoas que já fazem trabalho de transporte, desta forma ambos serão beneficiados.

Por outro lado, se seu produto ou serviço for semelhante ao de seus concorrentes, você poderá ser tentado a dar descontos e abatimentos para atrair clientes e vender mais. Mas se você não suportar este preço reduzido com custos baixos do que seus concorrentes, os descontos só resultarão em perda de valor. 

Como você pode reduzir os custos? Através de acordos com seus fornecedores, renegociando dívidas, otimizando toda sua cadeia de valor, reduzindo estoques, simplificando a distribuição ou utilizando canais de comunicação mais diretos, eficazes e econômicos.

Fazer acordos com fornecedores

Agora é o momento de agir e chegar a novos acordos com seus fornecedores que sempre viram suas boas intenções. Mas em tempos de escassez, com algumas explicações a respeito de sua situação, eles entenderão.

Você será capaz de repensar estratégias em conjunto, para amortecer todas as suas dívidas, evitando o pagamento de juros que afetarão suas finanças. Talvez, quando a situação for superada, você seja capaz de dar algum benefício a seus fornecedores.

Use dos meios de publicidade

Para aumentar suas vendas, você pode tirar proveito das mídias de publicidade gratuitas (mídias sociais). Agora a tecnologia lhe dá a oportunidade de usar ferramentas úteis e eficazes para promover seus produtos e serviços.

Você não precisa ser um especialista em Marketing Digital para criar suas diretrizes publicitárias, você só precisa ter o desejo de saber sobre isso. Com uma variedade de mídias, tais como: YouTube, Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outras, que você pode utilizar.

Você pode criar parcerias ou alianças

Contudo, esta é a oportunidade de procurar um parceiro ou investidor que esteja interessado em reativar a economia de seu negócio. Talvez porque eles vejam em você o entusiasmo e a motivação que você tem para sair deste momento de crise.

Você também pode procurar alianças com outra empresa de seu setor para compartilhar todas as operações comerciais e financeiras. Embora você tenha que dividir os custos, você também terá um lucro juntos.