Home Pessoal Como fazer um Currículo em 2023 e ser contratado

Como fazer um Currículo em 2023 e ser contratado

0
Como fazer um Currículo em 2023 e ser contratado

Um recrutador pode receber centenas de currículos por dia, mas: o que pode chamar sua atenção, para saber um como fazer um currículo efetivo, que erros você deve evitar? Neste artigo, nós lhe diremos as chaves para obter uma entrevista com um currículo bem estruturado.

Para começar, a qualidade é mais importante que a quantidade. Ou seja, é preferível enviar um currículo com informações atualizadas e de qualidade, com menos informações, mas mais relevantes para a posição específica, em vez de enviar centenas de curriculos cheios de informações que não importam para a pessoa que o lê. 

Para que serve um currículo? 

Um currículo é um documento que lista os dados, habilidades e experiência de trabalho de uma pessoa. É utilizada como carta de apresentação de uma empresa em busca de um emprego e seu principal objetivo é conseguir uma primeira entrevista.

Entretanto, a maioria das pessoas acredita que os currículos devem conter o máximo de informações possíveis sobre sua vida profissional, mas este não é o caso.

Como fazer um Currículo - (Foto Pexels)
Como fazer um Currículo – (Foto Pexels)

Um currículo deve ser visto como uma ferramenta de filtragem, como diz Gary Mullan, com mais de 20 anos de experiência na indústria e CEO da agência de recrutamento Prosperity Digital, “os currículos raramente são lidos no vácuo, bem como para ver como é uma pessoa no quadro geral. Eles serão sempre observados por alguém que tenha necessidades específicas, que esteja à procura de habilidades específicas. O que conta é o olho de varredura, e devemos nos colocar no lugar deles toda vez que damos um currículo”. 

Portanto, você precisa ser claro sobre quais partes um CV precisa ter para que ele seja aquela ferramenta eficaz nas mãos do recrutador que está olhando para ele.

10 passos para saber como fazer um currículo atraente

Você pode ser um recém-formado procurando uma oportunidade de entrar em um novo campo de trabalho, ou pode ser um profissional com anos de experiência que deseja mudar seus rumos profissionais. 

Quer você nunca tenha tido um emprego antes ou esteja trabalhando há anos, um curriculum vitae (CV) é uma ferramenta indispensável em sua busca. 

Ele fornece uma visão geral da vida profissional de uma pessoa e pode fazer a diferença entre conseguir um emprego e não conseguir um emprego.

Preste muita atenção, pois um saber como fazer um currículo bem elaborado pode ajudá-lo a encontrar o trabalho de seus sonhos. Você só precisa saber o que dizer. Siga estas etapas onde lhe dizemos como fazer um currículo atraente.

1. Escrever seu perfil profissional

O perfil profissional é uma frase curta que destaca sua experiência de trabalho passada e sua compatibilidade com a vaga. Deve incluir seu título ou cargo, habilidades exigidas e qualificações para o trabalho.

O perfil profissional de um contador experiente poderia ser escrito da seguinte forma: “Contador com mais de 15 anos de experiência, especializado em tributação e capaz de trabalhar sob pressão”.

No caso de um recém-formado, você deve enfatizar seus conhecimentos e habilidades, por exemplo: “Graduante designer com alta proficiência no Adobe Suite, senso de responsabilidade e capacidade de multi-tarefa”.

2. Inclua suas informações de contato

Suas informações de contato são uma das seções mais importantes do seu CV. A maioria dos empregadores recomenda incluir seu nome completo, número de telefone e endereço de e-mail.

Certifique-se de que não há erros nesta seção e que suas informações de contato estejam atualizadas – você não quer perder nenhuma oportunidade de trabalho em potencial!

3. Personalize suas informações para a vaga

Assim como nenhuma oferta de emprego é idêntica a qualquer outra, seu currículo também não deve ser. Mas não entenda mal, isto não significa que você deve mentir ou inventar suas informações, mas considere adaptar seu currículo às características de cada vaga.

Por exemplo, se você estiver enviando seu currículo a uma Organização Não Governamental, enfatize seu trabalho social. 

Caso você esteja se candidatando a um cargo de professor, mencione seu envolvimento na gestão de adolescentes e sua experiência na frente de grupos de pessoas.

4. Seguir uma ordem cronológica

Um grande erro que muitas vezes é cometido é a falta de ordem cronológica. Quando um recrutador é confrontado com um currículo não organizado, ele ou ela pode interpretá-lo como instabilidade no emprego ou simplesmente falta de interesse. 

Evite esta confusão e encomende sua experiência profissional e seus trabalhos do mais recente para o mais antigo.

5. Descreva sua preparação e educação

Assim como a experiência profissional, o treinamento e a educação devem ser listados em ordem cronológica. 

Se você tem uma educação profissional, não é necessário incluir informações sobre sua educação primária ou secundária. 

Não se esqueça de mencionar quaisquer cursos ou treinamentos que estejam relacionados à vaga.

6. Adicionar habilidades relevantes para o trabalho

Nesta etapa, você precisa fazer uma análise de sua própria personalidade para identificar quais competências o tornam mais adequado para o cargo. 

Por exemplo, ao se candidatar a uma posição operacional em um call center, sua criatividade pode não ser tão relevante, enquanto seu senso de responsabilidade e arrumação pode ser. 

Tente ser o mais objetivo possível para que você possa reconhecer suas habilidades e competências.

7. Otimize seu currículo

Muitas empresas usam o Applicant Tracking Systems (ATS) para escanear um currículo antes que ele seja lido por um recrutador. 

Estes sistemas automatizados podem procurar palavras específicas que você tenha incluído em seu CV. Se você quiser que suas informações passem por este primeiro filtro, não deixe de seguir os passos abaixo:

  • Envie seu CV em formato .DOC ao invés do formato .PDF;
  • Colocar informações importantes no cabeçalho ou no rodapé;
  • Organize seu texto em partes;
  • Use palavras-chave em todo o documento.

O que você deve saber: Você pode analisar a descrição do cargo que está solicitando e procurar no LinkedIn por perfis similares para que possa extrair palavras-chave e utilizá-las em currículos.

8. Mostre seu trabalho

Algumas vagas se prestam mais a dar exemplos do que outras. Se você trabalha na indústria de design, anexe um portfólio ao seu currículo com algumas amostras de seu talento ou inclua o link se você tiver um portfólio digital. 

Você pode criar uma conta no Behance para carregar exemplos de seu trabalho de forma fácil e gratuita.

9. Cuide do design e apresentação de seu currículo

O requisito básico para que um CV seja considerado é que tenha uma apresentação profissional e limpa, isto significa fontes sóbrias (Arial ou Calibri), parágrafos justificados e um espaçamento de linha que facilite a leitura. 

Embora o Word seja suficiente para fazer um bom CV, você pode usar o Canva para criar um CV mais atraente.

Basta lembrar que o ATS às vezes não lê documentos neste tipo de formato. Antes de enviar seu CV, certifique-se de que ele será lido diretamente por uma pessoa e não por um bot.

10. Verifique sua ortografia

Finalmente, verifique seu CV para erros ortográficos. Se você escrever seu CV em inglês, verifique sua grafia no Reverso.

O que não incluir em seu CV 

Assim como há coisas que você deve incluir em seu CV, também há coisas que você deve evitar. Aqui estão os elementos a serem observados:

Evite incluir um endereço de e-mail inadequado. Mantenha sempre seu endereço de e-mail simples e profissional. 

Evite erros ortográficos. Já vimos que os recrutadores prestam atenção a este aspecto do seu CV, portanto, você deve verificá-lo e certificar-se de que tudo esteja correto.

Não acrescente demasiadas informações. Um CV que seja muito longo não significa que seja melhor. É essencial acrescentar as informações mais importantes, portanto, você deve filtrar as informações que são realmente relevantes para o trabalho ao qual você se candidatou.

Como fazer um Currículo - (Foto Pexels)
Como fazer um Currículo – (Foto Pexels)

Não use linguagem complexa. Se você usar muitas abreviações ou tecnicidades, o CV será difícil de ler para o recrutador.

Cuidado com os erros ou inconsistências. Antes de enviar seu CV, verifique se há erros nas datas, pois isso pode dar uma má impressão ao recrutador.

Não inclua um objetivo de carreira confuso. Como dissemos anteriormente, é essencial esclarecer qual é seu objetivo profissional e localizá-lo nas necessidades da empresa.

Em resumo, se você souber como fazer um currículo eficaz que ajude o recrutador a filtrá-lo corretamente, suas chances de conseguir uma entrevista e conseguir o emprego aumentarão. Basicamente, trata-se de prestar atenção e cuidar de todos os elementos do seu CV para causar uma boa impressão.