Home Empréstimo Empreendedorismo: como fazer planejamento de negócio

Empreendedorismo: como fazer planejamento de negócio

0
Empreendedorismo: como fazer planejamento de negócio

Todos nós sabemos que uma empresa e um bom planejamento de negócio andam de mãos dadas.

Assim como cada um tem sua própria maneira de trabalhar, cada um se adapta de maneira diferente ao planejar um negócio. 

Em outras palavras, cada um encontra uma maneira de criar uma estratégia organizacional. 

O que é uma estratégia organizacional?

Um planejamento de negócio é um arquivo de planejamento que descreve seu negócio, seus objetivos e os passos que você precisa dar para alcançá-los. 

Aqui você pode apresentar a viabilidade futura de seu negócio a partir de várias perspectivas, incluindo perspectivas estratégicas, de marketing, operacionais e financeiras. 

No coração de um planejamento de negócio está um roteiro que mostra o caminho para um negócio de sucesso.

Mas tenha cuidado! Uma estratégia de negócios é mais do que uma coleção de ideias e especulações. 

É uma pesquisa de mercado e um arquivo baseado em pesquisa de informações e dados do mundo real para ajudá-lo a construir seu negócio.

Por que o planejamento de negócio é importante?

Um planejamento de negócio é muito importante para qualquer pessoa que esteja iniciando ou expandindo um negócio.

Tenha em mente que este projeto não elimina problemas, mas evita erros devido à falta de aprendizagem e reduz a incerteza no trabalho.

  • Organize suas idéias depois de criar uma nova organização. 
  • Liderar a expansão de uma organização já ativa. 
  • Apoiar a administração com números e táticas. 
  • Possibilitar a comunicação entre parceiros, funcionários, consumidores, investidores, fornecedores e colaboradores. 
  • Recuperação de recursos econômicos, pessoais ou coletivos.  

A lógica é permitir que o mesmo modelo de planejamento de negócio se desenvolva ao longo do tempo e do histórico de desenvolvimento.

Como fazer um planejamento de negócio – passo a passo

Agora que você sabe qual é a estratégia comercial de sua nova empresa, continue com o processo passo-a-passo de criação de uma estratégia comercial. 

Mas não se preocupe. Os projetos comerciais são sempre proporcionais ao tamanho da empresa e aos desafios que ela enfrenta. 

Entendemos que o planejamento de negócio não segue receitas de bolos. Isto significa que cada caso requer uma abordagem única tanto por função, por região e por outros detalhes do campo de atividade.

Mesmo assim, há certos pontos que são os mesmos para cada organização.

Em essência, os projetos empresariais fornecem às empresas respostas aos desafios e obstáculos comuns, bem como aos desafios do segmento empresarial que envolvem ambientes internos e externos. 

Mais cedo ou mais tarde, você estará obrigado a precisar deste apoio. Você quer aprender como formular uma estratégia de negócios? Então, vamos dar uma olhada nos passos básicos para uma estratégia de sucesso.

Sumário executivo

O resumo executivo é a primeira parte de seu plano de negócios, mas deve ser a última. Nele você fala sobre sua organização e como ela se destaca no mercado; suas tarefas comerciais; seus requisitos de perfil de empregador e empregado; quais são os principais produtos, serviços e benefícios; quem são seus clientes potenciais; localização – se houver uma localização registrada; qual é o investimento total; forma legal e estrutura tributária.

Não é necessário escrever um longo resumo. Deve ser claro e breve – seja criativo também! Isto capta a atenção e o interesse do leitor, mas lembre-se também que seu CV deve transmitir profissionalismo e seriedade. 

Dica importante: O papel é a primeira parte de qualquer projeto organizacional, mas guarde-o até o final de seu plano escrito. É um resumo, portanto, uma vez escrito, você terá uma ideia melhor do que deve e não deve ser incluído.

Pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado ajuda você a entender quem são seus clientes e como se comportam seus concorrentes. Esta é uma das partes mais importantes do planejamento de negócio e da pesquisa, pois lhe dá uma idéia melhor dos pontos relevantes do mercado para operar. 

Independentemente de sua indústria, o mercado pode ser difícil se você decidir entrar no mercado sem fazer pesquisa suficiente antes.

Para ter sucesso, você escolhe bem seus segmentos de produto e pesquisa constantemente o que seus clientes precisam para resolver seus problemas, dores ou desejos. 

Escolher o mercado errado ou escolher o mercado certo no momento errado pode causar problemas de mercado.

É aqui que entra a pesquisa para entender o mercado, a concorrência e sua posição.

  • Análise do consumidor;
  • estudos da concorrência;
  • Análise de fornecedores.

A pesquisa e investigação de mercado são essenciais para uma estratégia comercial bem sucedida. Ela consolida uma visão geral do tamanho do mercado de produtos, estuda a posição da empresa neste segmento e examina o cenário competitivo. 

Análise da concorrência

O monitoramento dos concorrentes é muito importante. Um passo fundamental nesta pesquisa é olhar seus pontos fortes e fracos e compará-los com o que você gostaria de fazer por sua organização. 

Os concorrentes são pessoas que trabalham na mesma indústria que você e em sua área, se forem empresas regulares. 

É muito importante não esquecê-las. Observar os participantes pode proporcionar não apenas “não” e “não”, mas também lições importantes para suas próprias negociações. 

  • Como está a qualidade dos produtos ou serviços de meus concorrentes?
  • Como é o preço?
  • Como é o serviço prestado?

Considere as condições de pagamento, horas de operação, serviços de remessa, atendimento ao cliente, descontos e muito mais. 

Quais são as razões pelas quais os consumidores compram de você? Quais são as razões pelas quais os consumidores não compram de você? 

O que diferencia minha empresa? Por que os consumidores compram de mim e não dos meus concorrentes? 

Agora é o momento de imaginar e planejar certos cenários adversos. Pense em como seus concorrentes reagirão à sua abertura, descubra se você tem os recursos financeiros e humanos para responder e esteja atento!

Fazendo uma planejamento financeiro

Finalmente, vamos falar de economia! Em resumo, a maioria das decisões empresariais são baseadas em números. 

Suas finanças fazem ou rompem acordos, não importa o quanto você tenha iniciativa e o quanto se esforce para isso. 

O nível de detalhe necessário para projetos financeiros e de gestão variará de acordo com o público e o objetivo, mas três aspectos principais das finanças devem ser reunidos.

  • uma declaração de renda
  • um balanço patrimonial
  • uma declaração de fluxo de caixa.

Considere também a probabilidade de integrar previsões e dados financeiros futuros para identificar falhas ou fluxos de caixa negativos e ajustar as operações conforme necessário. 

Leia mais: Planejamento financeiro: 5 passos para priorizá-lo.

Considerações finais

É isso aí. Agora que você tem seu planejamento de negócio pronto, é hora de começar a adivinhar diferentes cenários. Crie simulações de ambientes nos quais sua organização faz e não faz. 

Desta forma, você estará preparado para situações adversas e terá planos concretos quando realmente enfrentá-las. Considere maneiras de melhorar cenários positivos e minimizar os custos em cenários negativos. 

Planejamento de negócio - (Foto Pexels)
Planejamento de negócio – (Foto Pexels)

Avalie os projetos comerciais antes de sua conclusão. Considere se a informação está completa, se a informação é clara e se o negócio está preparado para mudanças no mercado. 

Pense que seu projeto deve responder às seguintes perguntas: vale a pena o risco de iniciar este negócio? Se sim, invista.

O negócio é sempre arriscado, mas não desista, seja criativo, inovador e sempre pronto. Pesquisar e entender seu mercado, os consumidores e as partes interessadas o prepararão para o sucesso.