Home Pessoal Educação financeira para iniciantes: importancia, vantagens e dicas

Educação financeira para iniciantes: importancia, vantagens e dicas

0
Educação financeira para iniciantes: importancia, vantagens e dicas

No Brasil, falar sobre educação financeira não costuma ser um tópico diário e frequente nas escolas ou universidades, o que gerou uma falta de conhecimento na “geração Z” e nas que ainda estão chegando. No entanto, se você ainda não começou a se educar financeiramente, hoje queremos incentivá-lo a começar a fazer. 

Há quanto tempo você não tira férias por falta de dinheiro, está contando os segundos e cada real até o próximo pagamento e os custos com mensalidades escolares, alimentação e serviços públicos deixam você com pouco dinheiro para se divertir? Não se preocupe, isso já aconteceu com todos nós e não é algo que alguns ajustes em suas finanças pessoais não possam resolver. 

Desta vez, daremos algumas dicas para ajudá-lo a ter um relacionamento melhor com seu dinheiro. Para começar, você pode começar a aplicar em sua vida estas dicas de educação financeira para iniciantes que temos para você e que acreditamos que podem ajudá-lo.

O que é Educação Financeira?

De acordo com a U.S. Financial Literacy Commission (Comissão de Alfabetização Financeira dos EUA), a educação financeira consiste em fornecer conhecimento e informações que ajudem as pessoas a tomar melhores decisões financeiras, ou seja, a ter as habilidades e as ferramentas para fazer as escolhas certas sobre quais produtos financeiros comprar ou não, os benefícios e por quê.

Todos, independentemente do status socioeconômico ou da idade, precisam obter ferramentas que nos permitam iniciar nossa vida financeira, forjando em nós habilidades que nos orientem e nos ajudem a tomar melhores decisões, não apenas para beneficiar nosso presente, mas também nosso futuro e aqueles que mais amamos.

A importância da educação financeira

Uma educação financeira sólida, que adota uma abordagem holística em áreas como poupança de curto e longo prazo, aposentadoria, pensões e seguro de vida, melhora o bem-estar da vida como um todo ao incentivar o gerenciamento adequado das finanças pessoais. Tomar decisões informadas e bem fundamentadas reduz o risco de exclusão financeira, endividamento excessivo ou consumo de produtos financeiros inadequados.

Vantagens da Educação Financeira

As vantagens são bastante significativas para quem tem ou começou a ter educação financeira. Compartilhamos algumas delas a seguir:

  • A educação financeira promove a melhoria do padrão de vida das pessoas, pois proporciona uma melhor tomada de decisões que resulta em melhores resultados financeiros.
  • A educação financeira proporciona maior clareza sobre os produtos financeiros existentes, bem como conhecimento das vantagens e desvantagens.
  • A educação financeira incentiva as pessoas a economizar, o que se traduz em maiores oportunidades de atingir metas de médio e longo prazo, bem como em saber onde investir.
  • Graças à educação financeira, os clientes têm um nível mais alto de compreensão das informações fornecidas por consultores financeiros e bancos, o que leva a uma oferta mais ampla e melhor de produtos cada vez mais inovadores no mercado.

Dicas de Educação Financeira

Pesquise os conceitos financeiros que você não conhece e deseja entender

Atualmente, as ferramentas da Internet, como o Google, o YouTube ou o que você quiser, podem ajudá-lo a entender melhor os conceitos financeiros que você não conhece. Tenha em mente que o primeiro passo para iniciar sua educação financeira será seu interesse em aprender, bem como em melhorar e entender suas finanças.

Esforce-se para não gastar mais do que ganha

Neste ponto, será fundamental que você estabeleça seu orçamento mensal, seja claro sobre sua renda, mas também sobre suas despesas fixas e o dinheiro que “sobra”, por assim dizer. Tenha clareza sobre quanto dinheiro você realmente tem e tente não exceder suas despesas, pois isso provavelmente resultará em dívidas ou superendividamento.

Comece a incentivar o hábito de economizar

A educação financeira não é apenas conceitos, mas também o uso de ferramentas e a tomada de decisões em favor de nossas finanças pessoais. Portanto, a poupança se torna um dos principais pilares da educação financeira, entendendo esse conceito, de acordo com o dicionário da Real Academia Espanhola, como: reservar uma parte da despesa ordinária, guardar dinheiro como previsão para necessidades futuras e evitar uma despesa ou consumo maior. Comece a poupar regularmente!

Estabeleça metas e objetivos específicos

Uma das principais motivações para melhorar nossas finanças geralmente é o cumprimento de metas, sonhos e objetivos pessoais, o que se torna um motor que nos leva a fazer o que é necessário para atingir nossa meta e é a chave para começar a tomar decisões melhores. Portanto, nós o convidamos a definir algumas metas de médio e longo prazo e a criar um plano de ação:

Dicas de educação financeira para iniciantes

Estabeleça metas

Pense no que você deseja alcançar a curto, médio e longo prazo. Exemplos de metas podem ser economizar para uma viagem de férias, comprar seu primeiro carro ou comprar um novo telefone celular. Ao ter uma meta clara do que deseja comprar, você pode se preparar para alcançá-la.

Crie um orçamento e atenha-se a ele

A elaboração de um orçamento o ajudará a saber quanto dinheiro precisará mensalmente para cobrir suas despesas fixas, e você também poderá saber de quais atividades terá de prescindir para evitar gastos excessivos. 

Uma maneira prática de fazer um orçamento é fazer uma lista de todas as receitas e despesas que você gasta durante um mês na universidade. Dessa forma, você poderá ter finanças pessoais saudáveis.

Aprenda a economizar

Independentemente de você ter uma renda do seu trabalho ou de seus pais lhe darem uma certa quantia de dinheiro todo mês, é aconselhável reservar parte do dinheiro para a poupança. 

Dessa forma, você sempre terá uma reserva para qualquer eventualidade que possa ocorrer.

Procure as melhores ofertas

Como estudante universitário, é importante aproveitar ao máximo todas as oportunidades de economia. 

Quando se trata de comprar material escolar, roupas ou qualquer outro produto, sempre procure as melhores ofertas e descontos. 

Muitas lojas oferecem descontos especiais para estudantes universitários, portanto, não deixe de perguntar antes de fazer qualquer compra. 

Por exemplo, uma boa maneira de ter acesso a preços preferenciais em passagens de transporte público é por meio de sua carteira de identidade universitária. Não se esqueça de obtê-la!

Estabeleça um limite de gastos

É fácil gastar demais quando se tem dinheiro disponível, mas é importante estabelecer um limite de gastos para não se endividar. 

Anote todas as suas despesas diárias em um caderno ou em seu telefone para manter um controle mais rígido. 

Dessa forma, você poderá ver quanto dinheiro realmente precisa e quanto está gastando em despesas desnecessárias.

Cuide de seu histórico de crédito

Outra dica para melhorar suas finanças que você pode aplicar é cuidar do seu histórico de crédito. 

Se você já tem um cartão de crédito, é importante que conheça os detalhes, as datas de pagamento, os juros estabelecidos pela instituição financeira e outras despesas incluídas. Saber isso evitará que você pague juros e faça pagamentos desnecessários.