Home Pessoal Alugar ou Financiar um Imóvel? 3 Fatos Importantes

Alugar ou Financiar um Imóvel? 3 Fatos Importantes

0
Alugar ou Financiar um Imóvel? 3 Fatos Importantes

Mudar para um novo imóvel é uma das fases mais importantes e empolgantes da vida de qualquer pessoa. Alugar ou financiar um imóvel depende de muitos fatores pessoais. 

Alugar ou Financiar um Imóvel

Em geral, as pessoas compram uma casa quando estão em boa situação financeira, e os jovens que acabaram de iniciar sua carreira profissional optam pelo aluguel. 

Das duas opções, o financiamento vem em primeiro lugar, pois é considerado um investimento. No entanto, se você ainda não sabe se a melhor opção para você é financiar ou alugar, no artigo a seguir mostramos alguns dos aspectos mais importantes para facilitar a sua escolha.

Veja Também: Como Abrir Uma Empresa no Brasil em 2023

Qual é a diferença entre alugar ou financiar um imóvel?

Essa sempre foi uma das perguntas de um milhão de reais no mercado imobiliário. No entanto, agora que a inflação está correndo desenfreada, em seus níveis mais altos em quase 20 anos, a pergunta é mais importante ainda. 

Como sempre, a resposta certa não é simples. Ela depende de muitas variáveis, como o local de residência, o tipo de casa, o perfil do inquilino ou proprietário e a situação econômica. 

Mas também existem chaves que ajudam a saber o que pode ser mais interessante agora ou no futuro.

Financiar um imóvel

Quando você possui um imóvel, tem uma sensação de segurança e estabilidade. Você tem a sensação de liberdade com o apartamento; não há contratos de aluguel, mas pagamentos mensais semelhantes ao aluguel. 

No entanto, há alguns aspectos a serem considerados: por exemplo, financiar custa mais do que alugar, pois envolve algumas despesas, como pagamento da entrada. No entanto, geralmente vale a pena, pois permite que você tenha seu próprio imóvel. 

Aluguel de um imóvel

O aluguel de um imóvel lhe dá a liberdade de se mudar sempre que o contrato de locação vencer. Mas isso também significa que você pode ter de se mudar inesperadamente se o proprietário quiser romper o contrato. 

Além disso, os locatários sabem quanto vão gastar por mês, enquanto os compradores não precisam pagar mais do que o esperado em sua hipoteca. Como inquilino, você não terá de pagar por reformas e suas despesas serão previsíveis.

No entanto, quando você aluga, pode enfrentar um aumento imprevisível do aluguel quando renovar o contrato. E se você mora em um lugar onde os preços dos aluguéis são muito altos, seu orçamento mensal pode ficar desbalanceado rapidamente.

O que levar em conta para saber se é melhor alugar ou financiar

Acreditamos que há três pontos básicos que você deve ter em mente ao avaliar se é melhor alugar ou financiar um imóvel. Vamos ver quais são eles:

Sua situação financeira

O primeiro fator a ser levado em conta é sua situação financeira. É improvável que você tenha condições de financiar um imóvel barato, caso contrário, não se perguntaria se é melhor alugar ou financiar um imóvel (o mais indicado é que você financie o imóvel). 

Se você não tiver dinheiro suficiente para arcar com toda a operação de uma só vez, terá de fazer um empréstimo hipotecário.

Nesse ponto, você deve estar ciente de que nem todos podem pagar uma hipoteca. Para começar, você precisará de uma grande quantia de dinheiro poupada: cerca de 30% do preço da casa em que está interessado. 

Além disso, todos os bancos exigirão que você tenha um emprego estável e um salário que lhe permita pagar as prestações sem gastar mais de 35% do que ganha por mês.

Lembre-se também de que um imóvel também tem custos de manutenção que consomem parte de seus ganhos: condomínio, taxas comunitárias, impostos municipais… Você não terá que arcar com todos esses custos se optar pelo aluguel.

Para alugar, por outro lado, não há tantas exigências. Você só precisa ter algum dinheiro guardado para pagar (geralmente pagamentos mensais), o que é muito menos do que os bancos pedem para conceder uma hipoteca. 

O locador, no entanto, não alugará o imóvel se você não tiver um emprego (alguns aceitam pessoas com contratos temporários) e um salário suficiente para pagar o aluguel.

O preço da moradia

O segundo aspecto que você deve observar é como o preço da moradia evoluiu na área onde você quer morar. Estamos nos referindo tanto ao preço das casas e apartamentos para financiar quanto para aluguel. 

Em geral, não é aconselhável financiar se o preço do imóvel estiver nas alturas, assim como não é aconselhável alugar quando o custo do aluguel estiver disparando.

No momento, a situação não o favorece em nada, porque os preços de venda e aluguel estão disparando no Brasil. 

No entanto, você ainda pode encontrar áreas onde os preços não subiram tanto, bem como proprietários que podem estar dispostos a baixar os preços se você negociar. 

Nossa recomendação é que faça sua pesquisa e converse com profissionais do setor (agentes imobiliários, por exemplo) para ter uma ideia de como está o mercado.

Seu estilo de vida

Por fim, você precisa considerar seu próprio estilo de vida. financiar uma casa, por exemplo, é mais conveniente se você quiser morar sempre na mesma área e valorizar a estabilidade. 

O aluguel, por outro lado, pode ser mais adequado se você se mudar regularmente (por motivos profissionais ou pessoais) ou se não quiser ficar preso ao mesmo lugar.

Então, devo alugar ou financiar um imóvel?

Decidir se deve ou não financiar não é uma decisão fácil. A opção que melhor lhe convém não é apenas uma questão de dinheiro, mas também de seus objetivos na vida e de seu conforto. Portanto, a melhor decisão será aquela que melhor se adapta a seus gostos e necessidades.  

Até agora, vimos qual é a melhor opção entre alugar ou financiar um imóvel! Como mencionado acima, a verdade é que isso dependerá muito de suas preferências e necessidades. Portanto, analise sua situação, seus planos futuros e tome a melhor decisão de acordo com eles. 

Digamos que você se apaixonou por uma casa ou apartamento, mas, por qualquer motivo, ainda não pode comprar. Nesse caso, há uma maneira de alugar esse imóvel para morar nele e, ao mesmo tempo, pagar para ser seu: formalizar um contrato de aluguel com financiamento.

Graças a esse contrato, você poderá morar no imóvel como se tivesse pagando um aluguel normal, as parcelas do financiamento correspondentes. Mas, depois de 5 ou 10 anos, o imóvel será seu.

Veja Também: Como abrir um restaurante do zero – TopEmpreendedorismo