Home Empréstimo Vale a pena investir nas ações da Vivo

Vale a pena investir nas ações da Vivo

0
Vale a pena investir nas ações da Vivo

A Vivo Brasil (VIVT3) teve um bom desempenho no terceiro trimestre de 2022, vale a pena investir nas ações da Vivo. O crescimento da receita foi impulsionado por fortes receitas móveis e uma ligeira melhora nas margens de lucro operacional (+0,6 pontos percentuais em relação ao ano anterior, para 40,6%). 

O resultado foi outro ponto brilhante, apoiado pelo reconhecimento de benefícios fiscais, graças ao qual o lucro líquido aumentou 9,2% ano a ano, superando significativamente nossas próprias expectativas (e o contrato de mercado).

Quem é Vivo?

Antes de tudo, a Vivo é famosa por ser uma das maiores organizações Vivos do país, que pertence ao grupo e é a marca exclusiva da gigante Vivo Brasil, sendo assim, veja se vale a pena investir nas ações da Vivo. 

Ela oferece produtos como redes fixas e móveis, internet de banda larga e TV paga aos consumidores. 

Com as tecnologias GSM/EDGE (2G), WCDMA/HSPA/HSPA (3G) e LTE (4G), a empresa oferece um incrível serviço on-line que está ganhando cada vez mais seguidores a cada dia.

Segundo a Anatel, a Vivo é a primeira entre as organizações com maior acesso na indústria móvel no Brasil; e outro site de banda larga. 

Em 2018, a empresa recebeu o prêmio “Organização do Ano”, promovido pela revista IstoÉ como a melhor empresa na categoria de telecomunicações. 

Ela continuou a ganhar no ano seguinte e foi nomeada uma das “Marcas Mais Amadas de 2019” na categoria de operadoras móveis e de banda larga, de acordo com uma análise conjunta com a eCGlobal Research Solutions.

Como funciona a Vivo?

A Vivo é uma empresa de telefonia brasileira que hoje oferece TV paga além de serviços de banda larga e telefonia. 

Entre abril de 2003 e abril de 2012, operou como uma empresa independente no mercado brasileiro até se tornar uma marca da Vivo Brasil. 

Hoje, a empresa é uma das mais memoráveis porque o tema é tecnologia. Isto foi reforçado após a pandemia da doença pela transição forçada para aplicações virtuais. 

Segundo dados de 2019, o custo de mercado da Vivo em 2018 é de R$96,6 bilhões e a margem de lucro é de R$8,871 bilhões.

Como investir nas ações da Vivo?

Investir em tempo real é bastante simples, por isso dividimos este processo em 05 etapas: 

P ou pode encontrar mais informações sobre como investir em transações aqui no portal Mais Retorno; 

Abra sua conta na bolsa de valores; 

Defina seu perfil de investimento;  

Transferir dinheiro para o corretor;  

Compre no Home Broker.  

Vamos falar um pouco mais sobre cada uma destas etapas…  

Análise do investimento em recursos  

O primeiro passo para investir na Vivo é aprender um pouco mais sobre como investir em ocupações. A razão é bastante simples: reduzir a margem de risco. 

É verdade que investir em uma atividade traz muitos benefícios, mas também esconde alguns perigos dos quais você deve estar ciente. 

Entretanto, a afinidade para aprender a andar de bicicleta é agora bastante válida: é difícil no início, mas logo se torna bastante fácil. 

Use o conteúdo do portal para saber mais.

Abra sua conta em uma corretora

Falta mais uma etapa na lista de etapas práticas para investir na Vivo: abrir uma conta em uma corretora. 

Este ponto é importante, pois é através da corretora que você pode acessar a lista de organizações listadas na bolsa de valores. 

Ao abrir uma conta, você pode transferir seu dinheiro de sua conta bancária habitual para investir no mercado financeiro. 

Neste canal, é dada uma área de negociação para ativos listados, o chamado Home Broker, mas o veremos na etapa final. 

Pensando nisso, decidir o perfil de investimento é uma das questões-chave e é isso que estamos analisando agora.

Definindo seu perfil de investidor

Seu perfil de investimento está relacionado ao seu grau de risco. Esta classificação varia de conservadora (menor grau de risco) a arrochado (maior grau de risco). 

Uma vez que investir na Vivo é um investimento de capital, sua classificação de investidor deve variar de moderada a ousada. 

Isto porque você deve informar ao seu banqueiro que está ciente dos riscos envolvidos no investimento, mas isto não deve ser motivo de preocupação. 

Existem perigos no mercado de ações, mas estes perigos são facilmente entendidos e evitados com compreensão.

Transferindo seu dinheiro para o corretor

Após estas etapas, você deve transferir seu dinheiro para o corretor. Você só pode negociar um ativo se tiver dinheiro em seu saldo.

Negociação no Home Broker

Uma vez que você tenha criado seu perfil de investimento, aberto uma conta com um corretor, aprendido um pouco sobre o mercado de ações em nosso blog e transferido seu dinheiro, é hora de começar a comprar! 

Para investir na Vivo, você deve ir ao site do Home Broker, onde as ofertas estão. 

Nesta tela, você verá uma lista de todos os códigos de segurança disponíveis. Por exemplo, a Vivo nasce com o código VIVT3. 

Procure este código, verifique o preço de hoje e compre.

Vale a pena investir nas ações da Vivo?

Um líder no mercado de telecomunicações com um plano orientado para a qualidade, um portfólio de alta qualidade e uma boa escolha para o consumidor. 

A organização tem mostrado resultados sérios e positivos, que são surpreendentes em termos da velocidade e magnitude da sinergia alcançada com a GVT. 

Oferece o mais alto desempenho de fluxo de caixa autônomo do setor através de uma combinação de alta produtividade e menores custos de capital. 

A empresa se beneficia da mudança na regulamentação das telecomunicações brasileiras.

Quais são os perigos de investir na VIVT3? 

Como líder em produtos de consumo de alta qualidade, a empresa frequentemente paga melhores preços do que seus concorrentes. Uma ameaça poderia ser que a concorrência fosse mais agressiva em relação aos custos; 

Investir nas ações da Vivo
Investir nas ações da Vivo

Outra razão poderia ser que a concorrência poderia aumentar a percepção dos consumidores sobre a iniciativa valor/qualidade, prejudicando assim a vantagem competitiva da Vivo.

Quem são os acionistas da Vivo?

Portanto, segundo o B3, os maiores acionistas em maio de 2022 eram: Vivo (74,20%), divididos em 4 partes. Vivo SA (30,02%), Vivo América Latina Holding (24,29%), SP Telecomunicações Participações (19,84%) e finalmente Vivo Chile (0,06%). A Artisan Partners Limited Partnership (44,99%) também estava entre os acionistas, e 0,14% dos negócios também estavam na pilha. Os 20,67% restantes estavam fora do mercado com outros acionistas.

A VIVT3 paga dividendos?

A Vivo pagou dividendos regularmente de 2011 a 2021. Por exemplo, em 2021, a VIVT3 pagou dividendos de R$3.730.485 por ação.