Home Empréstimo Funil de Vendas o que é e como fazer um?

Funil de Vendas o que é e como fazer um?

0
Funil de Vendas o que é e como fazer um?

Um funil de vendas. Você já deve ter ouvido falar dele. Um funil é apenas uma ferramenta em forma de funil utilizada pelos marqueteiros para classificar os usuários de acordo com as etapas que eles passam, desde a primeira impressão de uma marca até a compra. 

Entretanto, nem todas as empresas utilizam esta ferramenta de receita e perdem lucros. Com isso em mente, queremos lhe fornecer um guia passo a passo para ajudá-lo a aproveitar ao máximo o seu funil de vendas e aumentar seus lucros.

O que é um funil de vendas?

Cobrimos um pouco do básico da estratégia, mas vamos nos aprofundar para lhe dar uma imagem mais clara. 

Esta é a viagem de um cliente que assina um contrato (reconhecimento da marca) até a compra de um produto ou serviço. 

Isto envolve várias estratégias de marketing. Mídias sociais, publicidade, marketing de conteúdo, e-mail marketing, etc. e vendido com sucesso.

Para que é utilizado o funil de vendas?

O funil de vendas é utilizado para prever e rastrear o caminho que um cliente potencial toma desde o primeiro contato com a marca até a compra na loja on-line. 

Graças ao circuito de vendas, é possível criar ações específicas para cada etapa da viagem, responder às preocupações e objeções do potencial comprador, fornecer-lhes as informações necessárias e tomá-las pela mão até a realização da compra.

Veja Também: Empreendedorismo: como fazer planejamento de negócio

Etapas do funil de vendas

Primeira etapa: Comprador ideal

Antes de tudo, você já sabe quem é seu comprador ou cliente ideal, este será o primeiro passo no pipeline de vendas. Caso contrário, o primeiro passo é descobrir quem é seu cliente ideal e, depois disso, você pode começar a projetar seu funil de vendas. 

Portanto, o primeiro passo no processo de vendas é a aquisição de clientes ou leads. A ideia é capturar as informações do cliente ou levá-los a tomar uma ação que leve a outra ação para guiá-los através de todas as etapas do ciclo de vendas.

Estas ações variam de acordo com o tipo de produto, serviço ou empresa. 

Segunda Etapa: Prospecção

Agora é hora de identificar e/ou categorizar as pistas geradas na primeira etapa do funil de vendas. 

Por que este arranjo? É importante saber onde está o cliente no funil de conversão para que se possa desenvolver uma estratégia baseada nele, o que economiza tempo, esforço e dinheiro. Mensagens ou ações erradas podem levar à perda do chumbo.

Etapa três: Oportunidade

A detecção de oportunidades significa encontrar oportunidades de vendas. Ou seja, avaliar em que tipos de produtos ou serviços os clientes estão mais interessados, para que você só possa mostrar-lhes o que é relevante.

Quarta Etapa: Qualificação

Saiba exatamente no que sua empresa está interessada para cada cliente potencial em particular. Descubra o que os atrai ou os leva a comprar. Para fazer isso, é importante medir ou analisar as interações de rede.

Quinta Etapa: Encerramento

Esta é a última etapa do funil e onde o cliente se torna um cliente e, portanto, se torna uma venda. Neste ponto, a empresa atingirá com sucesso seus objetivos.

Principais benefícios de um funil de venda

Considerando que todos no mundo do comércio eletrônico ou dos negócios on-line estão criando um funil de vendas – mesmo que não se dêem conta – é fácil para você entender os principais benefícios. 

  • Ele aumenta a produtividade de seu negócio: se você conhece os processos a serem seguidos para que cada vez mais clientes acabam comprando em sua loja on-line, você terá um retorno de investimento mais rápido e será mais produtivo (porque você administra melhor seu tempo e dedica sua energia a outras tarefas diversas). 
  • Permite que você descubra novas oportunidades de negócios: ao analisar corretamente as diferentes etapas do funil de vendas, você será capaz de descobrir áreas do mercado que não tinha no início e verá que há muitas oportunidades de negócios esperando por você. 
  • Ajuda a entender melhor o que seus clientes querem: para criar um funil de conversão, você precisa entender como seus clientes se comportam em cada etapa. Se você analisar todas as informações corretamente, descobrirá muitas coisas sobre as necessidades e comportamentos mais comuns de seus clientes que talvez você não esteja ciente.

Como fazer um funil de vendas

Antes de tudo, damos passos passo-a-passo que você pode implementar em dias para construir um funil de vendas perfeito para seu negócio:

  • Alinhe o processo de compra do consumidor com o processo de venda: não vale a pena aplicar tudo o que falamos se você continuar desconectado do processo de compra.
  • Definir etapas e gatilhos no processo: para fazer isso, você precisa entender o processo. Mostre aos seus vendedores como funciona a compra do produto. O que eles precisam entender na fase de aprendizagem, reconhecimento do problema, consideração da solução, ou o que eles fazem antes ou no ponto de compra. Pergunte-se como você pode fazer com que esta liderança evolua mais rapidamente. Como você cria um gatilho que, além de demonstrar que o produto e a solução, aumenta a probabilidade de que ele se torne um cliente.
  • Posicione os negócios no novo funil de acordo com o novo processo: Se você tem negócios em seu pipeline, sendo assim, veja como ele se encaixa no novo modelo. Revise o que você está observando e veja onde eles estão no funil, ou o que você precisa fazer para acertar o novo modelo.
  • Faça um plano de ação para cada negócio (para cima ou para fora): Ou a liderança deles passa para a próxima etapa ou para fora do funil. Não deixe que o vendedor “se apegue à liderança”.

Identifique a nova situação do funil e projete os movimentos necessários para alcançar o objetivo. Verifique o quão próximo você está de alcançá-lo ou o que você precisa fazer para alcançá-lo. Você pode não atingir a meta no primeiro mês do novo método, mas precisa criar um ambiente para fazê-lo.

Sendo assim, executar as jogadas, mantendo ou melhorando a eficiência, monitorar o trabalho do vendedor e certificar-se de que ele compreenda os fatos. Que ele/ela está realizando os processos da melhor maneira possível. Vá para o objetivo!

Conclusão

Contudo, como você pode ver, o funil de vendas é uma ferramenta muito útil para medir e aprender mais sobre seus clientes potenciais. É o mapa de passos a seguir para aumentar o faturamento mensal de sua empresa.

Embora a implementação não seja fácil, as recompensas que vêm com ele fazem com que valha a pena o esforço.